11 de abril de 2007

Sozinha e no mundo da lua

"Alô, alô. Planeta Terra chamando! Planeta Terra chamando! Esta é mais uma
edição do diário de bordo de Lucas Silva e Silva, falando diretamente do mundo
da lua. Ondeee tuuudoo pooodeee acooonteceeer... "

E Lucas Silva e Silva, do alto dos seus 10 anos de idade, encontrou uma forma de fugir da realidade, mesmo que a realidade infantil, por vezes pode ser injusta, incapaz de o compreender, por vezes repressiva, e também assustadora.
Todo ser humano para poder evoluir, encontra uma válvula de escape para sair um pouco da rotina. Uma forma de fuga é arrumar um jeito de ficar um pouco só e poder assim estar apenas com você mesmo, seja embaixo da mesa da cozinha, aos 4 anos, na cabaninha da turma da mônica (ou de quem mais tiver), aos 10 anos, e depois que você cresce, isso acaba se tornando mais fácil. É possível refletir um pouco sobre a vida mesmo estando em volta de um grupo de gente, “sozinho na multidão”, como por exemplo no meio de uma aula, em que presto pouquíssima atenção ao que diz o professor. Que falta de respeito a minha! Mas a gente não escolhe a hora que vai bater a vontade de refletir na vida, e muitas vezes isso acontece durante a aula.
Ainda no mesmo assunto, o sábio Dalai Lama diz que o homem deve reservar um tempo todo dia para ficar sozinho, parar um pouco e pensar aonde você está, e para onde esta caminhando. E nós aqui dessa geração não sabemos fazer outra coisa se não estar perdidos, e nos sentir angustiados sobre o cotidiano das novidades do mundo tecnológico. Quanto mais perdidos, mais necessidade dessa reflexão.
Enfim, no momento estou finalmente caminhando para frente, não mais rodando em círculos. Estou caminhando para a construção das bases da minha pesquisa científica, e possível Trabalho de Graduação Final. Isso que foi causa de inúmeras crises, e de stress, e que, como eu não tinha, sempre deixou uma sensação de vazio, de falta de criatividade e de capacidade intelectual. Pois bem, agora é a hora, ou vai ou racha. Mas tenho certeza que vai. Na verdade tudo ainda é incerto e nem devia estar escrevendo sobre isso, mas mesmo sendo incerto, eu vejo com muita fé de que vai dar certo. E eu me sinto quase completa, e bem feliz. E como tudo na vida que vem depois de muita dificuldade, vou saborear aos poucos, cada detalhe dessa empreitada. Wish me luck!

2 Comments:

At 10:41 AM, Blogger Fernanda Tsuji said...

Já ia reclamar que vc não postava mais, mas aí está um post.
Nossa, cara, vc precisa assistir Last Kiss...vai amar...
enfim, vamos combinar a próxima sexta gourmet?

 
At 2:54 AM, Blogger 999 said...

queria conseguir organizar meus pensamentos em um texto, igual vc faz.

outra coisa, vc já revelou as fotos da dona holga?

 

Postar um comentário

<< Home