4 de dezembro de 2006

The impression that I get

Eu nunca recebi tantas más notícias em tão pouco tempo. De todos os tipos que você pode imaginar. Mas principalmente de mortes. Porque pessoas morrem todos os dias, mas pela primeira vez eu tive tantas notícias de mortes em tão pouco tempo. Coisa de alguns dias. Ninguém diretamente relacionado a mim, mas a alguns amigos de quem gosto muito. Mas o importante é que a vida segue assim, sem alguns.
Por vezes quando recebia uma notícia de morte, de um conhecido-não-muito-próximo, não ficava triste. Muito pelo contrário. A notícia de morte, de alguém que você tinha algum conhecimento, traz uma sensação de plenitude, para mim. De que a vida tem começo, meio e fim, algo tão banal, mas que se faz claro com a morte de alguém. É tudo muito contraditório, mas com a morte, sinto que a vida é real, é intensa, e está aqui. Tudo adquire um toque mais emocionante, dramático, e os problemas cotidianos passam a não importar, começo a enxergar além da superficialidade. Como se de repente me desperta uma vontade maior de viver, a cada dia, Carpe Diem, etc e tal.
Porém, com as notícias da última semana, não fiquei com essa sensação positiva, ficou uma coisa
esquisita e dolorida no ar que eu respiro. Todas as sensações ruins se mesclam: pena, dó, desânimo, tristeza, empatia, medo.

A única boa notícia é que na sexta-feira dia 8 acabam as minhas aulas. Mas isso é mesmo uma bobeirinha perto de problemas realmente sérios.

2 Comments:

At 10:51 AM, Anonymous Tsuji said...

E finalmente a gente vai se ver. Nesta vida ainda, espero...

Ok, não é a hora de fazer piadinhas, mas é que eu ando pensando tanto sobre a morte, tanto, mas tanto, que chega uma hora em que nada mais é sério...minhas crenças andam abaladas, distorcidas. É bom, vejo o mundo mais cru. É ruim, vejo tudo como um paleativo.
Passa.
beijos,
obs: tirei 9,5!!!

 
At 10:36 AM, Anonymous  said...

Pois é...eu li a Bravo....por isso fiquei assim...
Podemos tomar sorvete sim...qq dia da outra semana está bom. Eu vou ter uma folga de 10 dias agora no fim de dezembro. Podemos nos ver e fazer comidinhas na sua casa. Como nos velhos tempos....hahaha...
Beijos

 

Postar um comentário

<< Home