7 de junho de 2006

Entalado aqui

Ultimamente eu não tenho nada de novo pra postar. Montanha russa, altos e baixos [baixo], fases da lua [minguante], e agora minha empolgação se apagou. Mas assim vamos levando, até estar de novo no topo da montanha. Mais clichê que isso impossível. Mas esse blog tinha que conhecer um post mal escrito, espontaneamente inútil. O passado passou mas às vezes me cativa, e volta a fazer parte do presente, como um personagem fantasma, uma coisa transparente que vem e lhe cruza algumas vezes ao dia. Gostaria de ignorar e seguir em frente, no presente, mas não é bom ignorar o passado. Superar seria melhor. Não consigo tirar conclusões sobre isso. What – ever .
Como diria o poetinha, Now I cannot speak, I lost my voice.I'm speechless and redundant. 'Cause I love you's not enough. I'm lost for words.

PS: Mini texto escrito dia 2 de junho de 2006. Cenário: cochilei dentro do ônibus com uma caneta ainda na mão e este texto no meu caderno
Hoje desejei ser de outro signo, de um signo de terra talvez, para poder não enjoar tão rápido das coisas. Conservar uma idéia na cabeça, e não dercartá-la como um cigarro meio-fumado. Porque até mesmo a inconstância enjoa...

1 Comments:

At 6:36 PM, Blogger 999 said...

que lindo!
se isso está mal escrito imagina o que você deve pensar dos meus. hahahaha.
adorei a parte do signo. tem tudo a ver comigo tb. coisa de sagitariano mesmo.

ah, e o poetinha domina! aeaeae

 

Postar um comentário

<< Home